Limpeza

Tudo que você precisa saber sobre Tratamento com Peróxido de Hidrogênio para Piscinas!

 

Muitas pessoas tem falado sobre o produto que substitui o cloro no tratamento de água de piscina, e criou-se uma mística enorme sobre o uso do peróxido de hidrogênio, falam que é milagroso, que pode ser perigoso, que é mais caro, que isso e aquilo…  Mas aqui nós vamos falar tudo o que as empresas de cloro não querem que você saiba sobre o uso dessa substância na manutenção de sua piscina.



O Que é Peróxido de Hidrogênio?
H2O2 essa é a forma química do peróxido de hidrogênio, que também é conhecido como água oxigenada. É uma substância química de forma liquida, extremamente oxidante e incolor, no que diz respeito ao tratamento de águas e efluentes e no que tange ao tratamento de piscinas tem sido muito útil a sua contribuição para os tratadores profissionais e também para o consumidor que realizam a limpeza da piscina, tendo em vista ser um oxidante forte traz em si muitos benefícios, sendo de fácil manuseio e aplicação, consegue dar resultados muito mais rápidos, duradouros e efetivos se comparado ao cloro, além de diminuir a necessidade de aspirações, uso de produtos clarificantes ou reguladores de parâmetros, sendo muito mais prático manter uma piscina com o peróxido de hidrogênio.



O Peróxido de Hidrogênio tem poder desinfetante?
Sim, o peróxido de hidrogênio é capaz de eliminar alguns tipos de vírus e bactérias, devido a esse fator inclusive é utilizado em diversas áreas da saúde para esterilização e desinfecção de materiais cirúrgicos, ou até mesmo para a assepsia de feridas. Porém ele faz isso de forma oxidante, queimando os micro organismos, nas piscinas é recomendando o uso conjunto de um agente sanitizante, como o M20 Sanitizante, que é capaz de eliminar as principais bactérias encontradas na água.

Ok, já entendi que ele é um excelente oxidante, mas quanto é isso, como pode me provar?
O peróxido de hidrogênio é um dos oxidantes mais versáteis que existe, superior ao cloro, dióxido de cloro e permanganato de potássio; através de catálise, H2O2 (peróxido de hidrogênio) pode ser convertido em radical hidroxila (•OH) com reatividade inferior apenas ao flúor. Listando-se os oxidantes mais poderosos e associando-os aos seus respectivos potenciais padrão (em V) tem-se: flúor (3,0), radical hidroxila (2,8), ozônio (2,1), peróxido de hidrogênio (1,77), permanganato de potássio (1,7), dióxido de cloro (1,5) e cloro (1,4).



Sabe qual é o principal catalizador do peróxido de hidrogênio?
Raios U.V que são facilmente encontrados ao ar livre, em locais com incidência de luz solar, ou seja o sol é um grande aliado de sua piscina. Diferente do que o sol faz com o cloro, pois a incidência de sol faz com que o cloro da piscina evapore rapidinho, ficando sem nenhum residual na água e deixando sua piscina desprotegida. 


O Peróxido já é apontado como um dos principais produtos para o tratamento de águas e efluentes, já sendo muito utilizado em países mais desenvolvidos.

(fonte: Quím. Nova v.26 n.3 São Paulo maio/jun. 2003)



O Peróxido de Hidrogênio substitui o uso de cloro para tratar piscinas?

O uso conjunto do Peróxido de Hidrogênio encontrado nos produtos Mplus Oxidante ou Oxidante MultiAção Alta Performance, com o M20 Sanitizante são capazes de substituir o cloro no tratamento de piscinas, o peróxido por si só não substitui o cloro, pois o cloro tem duas funções em um só produto, função sanitizante e função oxidante, sendo que a mais forte é a função sanitizante. Já o peróxido de hidrogênio apesar de ter funções desinfetantes, a sua principal função é a oxidante, sendo necessário o complemento de um sanitizante para a substituição do cloro.

Conheci o Peróxido de Hidrogênio através de um vídeo que parecia mágica, é verdade esse vídeo?
É verdade sim, porém aquele vídeo foi feito em uma piscina que teve reação de metais com o cloro, água de poço com cloro não combinam e deixam a água esverdeada, marrom ou amarelada, (depende do tipo de metais encontrados na água). No vídeo foi colocado o Peróxido de Hidrogênio na água e em instantes ela começou a clarear, pois o poder de oxidação do peróxido é realmente forte, ele consumiu todo cloro presente na água e ajuda na redução de metais em instantes. Por isso é o melhor produto para o tratamento de piscinas com o reabastecimento de água de poço.

Ah, então você está dizendo que ele só funciona com metais?! Negativo, ele é excelente na reversão de águas verdes por conta de algas, esqueça o uso de sulfato de alumínio, com barrilha e dosagens cabais de choque de cloro. Com um único produto como o Oxidante MultiAção Alta Performance você consegue recuperar sua água, é verdade que não vai ser tão rápido, demora em média 12hrs, mas você consegue sim ter sua piscina novinha em folha com só um produto e uma aplicação. Vale lembrar que ele irá oxidar as algas e ao mesmo tempo que ele vai eliminando a matéria orgânica restante delas, no final do processo a água estará com seu aspecto original, e caso sobre algum resquício de alga ou água verde, basta colocar um clarificante e filtração.

O uso do peróxido de hidrogênio pode apresentar algum risco a saúde ou para a piscina?
Se usado da maneira correta não, por isso é importante respeitar as dosagens indicadas no rótulo do produto, o uso do peróxido não apresenta nenhum tipo de risco a saúde ou a sua piscina.  Sendo reconhecido pela própria ANVISA o uso de peróxido para o tratamento de águas de piscinas é legal e autorizado pelo maior órgão de vigilância sanitária do país e está presenta na resolução Nº 39 do dia 28 de Abril de 2000 e foi publicado no diário oficial no dia 02 de Maio de 2000. A Maresias é a única empresa do país a ter autorização para comercialização desse tipo de produto para o tratamento de piscinas.

Vale ressaltar que o peróxido ainda é um produto químico que deve ser manipulado de maneira correta, evitando o contato com a pele e olhos, é recomendado o uso de EPI, como luvas e óculos, e sua armazenagem deve ser em local distante do alcance de crianças e animais domésticos, sempre utilizar a mesma tampa, após o uso verifique se o produto está bem lacrado, evitando o vazamento.

É recomendando transportar e armazenar o peróxido sempre na posição vertical, com a tampa virada para cima, acondicionar em locais arejados e bem ventilados, não é recomendado guardar em prateleiras ou armários de madeira, ou sobre couros e tecidos, embora não seja um produto inflamável, ele causa reações com esse tipo de materiais que podem causar incêndio e nunca em hipótese nenhuma é aconselhado misturar substâncias na mesma embalagem do peróxido.

Por Que devo usar o Peróxido de Hidrogênio para tratar minha piscinas?
Existem vários motivos para você utilizar o peróxido de hidrogênio em sua piscina, vamos listar os principais motivos aqui:

- Excelente na recuperação rápida de água verde
- Ótimo para desincrustar algas dos rejuntes
- Fácil aplicação, pode ser aplicado direto na água e a piscina não fica interditada após aplicação
- Ideal para uso conjunto com aparelhos ionizadores, para controle de metais e oxidação de material orgânico
- Não causa desbotamento ou manchas em piscinas de fibra ou vinil
- Maior economia de tempo, energia e água
- Não causa alergias, não irrita olhos ou pele, não agride os cabelo
- Maior durabilidade do tratamento
- Melhor custo benefício em comparação ao tratamento clorado
- Excelente no controle de metais na água (piscinas com reabastecimento de água de poço)


Onde eu posso encontrar o Peróxido de Hidrogênio para tratar minha piscina?!
Essa é muito fácil, você encontra o Peróxido de Hidrogênio no Oxidante MultiAção Alta Performance e no Mplus Oxidante da Maresias e esses produtos estão a venda nas melhores lojas de produtos para piscina em todo o país.

Agora é com você, quer saber mais sobre o peróxido?! Deixe sua dúvida entrando em contato conosco.

jQuery UI Dialog - Default functionality